Voltar
14 de Setembro de 2021

Trabalhadores do agronegócio são os mais afetados pelo suicídio


Escrito por: Fetquim


Fetquim

Você sabia que o agronegócio é o setor econômico que concentra as maiores taxas de suicídio entre trabalhadores? Será coincidência a relação entre toxidade e suicídio? O contato com substâncias químicas tóxicas produz alterações endócrinas no funcionamento neuroquímico, que também podem desencadear transtornos mentais ou neurológicos que podem evoluir para o suicídio, constatou a Universidade Federal da Bahia (UFBA). Além disso, fatores como perda do emprego, desalento e falta de perspectivas na vida são as principais causas apontadas na pesquisa.

A secretária de Políticas Sociais da Fetquim, Amábile Cordeiro, lembra que "o suicídio tem múltiplas causas: econômicas, sociais, psicológicas e até biológicas"."É importante que os sindicatos acompanhem de perto o estado mental e psicológico dos trabalhadores, tão afetados pela pandemia, pelo risco de morte, perdas familiares, pela sobrecarga de trabalho, assédio, redução de salários e direitos e até mesmo pelo contato diário com substâncias químicas. Trata-se de um trabalho integrado entre Cipas, OLTs, secretaria jurídica, de saúde, da Mulher, de formação... todos juntos para evitar mais mortes além daquelas que este governo vem promovendo descaradamente".

Setembro é o mês de prevenção ao suicídio.